Nova Geração da BMW chega ao Brasil com Série 5


27 de junho de 2010|Sem Comentários

O sedã Serie 5 da Bmw chega ao Brasil em sua sexta geração com um pacote de novidades nunca visto no modelo. Recheado de tecnologia, o três-volumes da Bavária ultrapassa os conterrâneos Audi A6 e Mercedes-Benz Classe E em requinte, mas maltrata o bolso dos interessados, sendo o mais caro dos três.

O Carro prova que, em pouco tempo, o Motorista terá cada vez menos trabalho para dirigir. Há câmeras espalhadas nas laterais e traseira, ajudando em manobras e avisando o condutor sobre a aproximação de outros Veículos. Nem estacionar será problema.

O sistema automático Auto Parking estaciona sozinho o Serie 5, retirando do Motorista a tarefa de fazer a baliza. Bem, quase. O equipamento reconhece uma vaga, calcula o tamanho do espaço, monitora obstáculos e faz a baliza. Ao condutor sobra apenas o trabalho de engatar a seta, acelerar e frear ao término da manobra.

Imagem mostra a evolução até a 6 geração atual

É o primeiro modelo da montadora a receber este recurso, mas não o primeiro a desembarcar no Brasil. O estreante foi o Volkswagen Tiguan.

Também se destaca o Connected Drive, tecnologia que freia e acelera o carrão, sem exigir de quem está atrás do volante a missão de pisar no acelerador. É uma espécie de controle de velocidade de cruzeiro com funções inteligentes. Ao programar uma velocidade desejada, o Serie 5 se mantém na marca escolhida, mas o Carro freia sem intervenção do piloto quando um obstáculo se aproxima da dianteira.

Caso o Carro à frente acelere ou saia do caminho, o sistema volta a acelerar progressivamente. Mesmo frenagens de emergência são possíveis sem que o Motorista encoste no pedal de freio, levando o Veículo a uma parada total.

Com a tecnologia Bmw EfficientDynamics, o novo Bmw Série 5 é capaz de recuperar parte da energia desperdiçada em frenagens para recarregar a bateria, economizando combustível, já que nesta condição o alternador não utiliza a energia gerada pelo Motor.

As respostas ao acelerador são instigantes.  Na Serie 5 550i, versão topo de linha, equipada com propulsor 4.5 V8. Com torque de 61,1 kgfm entre 1.750 rpm e 4.500 giros, é fácil esquecer que se trata de um automóvel com 1.905 quilos. Em curvas, as quase duas toneladas parecem não dar trabalho à suspensão ativa.

Com tanta potência e auxílio eletrônico para manobrar, nem o peso, nem o tamanho (4,89 metros de comprimento) incomodam a direção. Aliás, a caixa com assistência elétrica deixa o Serie 5 mais macio que um compacto dotado de direção hidráulica.

Se o Motorista se diverte com o pouco trabalho que lhe resta, dominar o volante e cuidar do trânsito, os passageiros também aproveitam. Três telas de cristal líquido, uma na dianteira e duas atrás de cada assento (catálogo topo de linha), permitem que três programações diferentes sejam selecionadas. Ou seja, é possível, por exemplo, ouvir rádio, ver televisão e assistir DVDs ao mesmo tempo.

Por enquanto, duas versões serão disponibilizadas para os brasileiros, a 535i e a 550i. A primeira tem Motor 3.0, de seis cilindros, capaz de gerar 310 cavalos. O mais caro tem um propulsor 4.5 V8. Ambos utilizam a mesma transmissão sequencial com oito marchas.

Veja os preços oficiais do novo Serie 5 2010/2011
535i - R$ 288.000
550i - R$ 395.000

Fonte: Zap Motor

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

 

Participe da pesquisa e concorra à 04 camisetas oficiais do Contagiros.

Veja os Depoimentos desse Artigo.

Deixe um Comentário