Bugatti Galibier é mostrada em Genebra como estrela da marca


04 de março de 2010|Sem Comentários

Bugatti Galibier apresentada em genebra não tinha parte da pintura em aço Inox como nas imagens de 2009

O motor que equipa a Bugatti Galibier, um quatro portas é um 8.0 de 16 cilindros sobrealimentado, que apresenta a particularidade de poder funcionar não só a gasolina mas também a etanol. Conta com tracção integral, travões de cerâmica desenvolvidos especialmente para o efeito e uma nova suspensão.

Ela é capaz de desenvolver 800 cavalos de potência. Nesta mostra  tecnológica não falta ainda a tração integral e os pistões  em cerâmica.

Estima-se que, a confirmar-se a sua passagem à produção, o Bugatti 16C Galibier deverá custar em torno de 1,3 milhões de euros.

Sua primeira aparição oficial foi no salão de Los Angeles no final de 2009, mas agora é definitivo.

O interior deste Bugatti encontra-se em conformidade com o desenho minimalista do exterior, como o atestam os únicos dois mostradores no painel de instrumentos. A Parmigiani, fabricante de relógios suíços, criou um relógio propositadamente para o Galibier, o qual também pode ser usado no pulso.

Detalhe do painel com Relógio Parmegiani - feito exclusivamente para o modelo e que pode ser usado fora do carro também

Galibier era o nome de uma versão do Bugatti Type 57 e é, também, uma das passagens mais difíceis da Volta a França, devido à sua altitude.

Mas o que interessa mesmo é que o carro, independente de ser caro, é simplesmente maravilhoso.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

 

Participe da pesquisa e concorra à 04 camisetas oficiais do Contagiros.

Veja os Depoimentos desse Artigo.

Deixe um Comentário