Designer recria clássicos esportivos nacionais.


13 de abril de 2009|Sem Comentários

Veja como seriam Gol GTI, Passat, Escort XR3 e Kadett Gsi hoje em dia

antigos

A criatividade do designer Eduardo de Oliveira vai cada vez mais longe. Dessa vez, ele tratou de “reviver” os esportivos nacionais do final dos anos 80 e início dos 90. Na lista, estão quatro modelos que foram objetos de desejo entre os jovens naquela época e que passa a ganhar uma nova roupagem, sendo reinterpretados levando em conta as tendências do mundo do design atualmente.

O primeiro deles é o Gol GTi, inspirado no modelo da primeira geração, com linhas retas que lhe renderem o apelido de “Gol quadrado”. O modelo de Eduardo foi feito com base no novo Polo, seguindo os novos padrões de design da Volkswagen, mas sem perder o charme da versão original, de 1988. “Vi o novo Polo e lembrei do Gol antigo. Aproveitei e fiz o GTi com a clássica combinação de cores azul e cinza”, explica Eduardo.

golgti_futuro

passati_futuro

Outro modelo da Volkswagen é o Passat Pointer, inspirado no modelo lançado em 1983 com motor 1.6 e que passou a ter um 1.8 no ano seguinte. É possível ver os faróis duplos em linha reta e a caída traseira típica de um cupê. “Lembra também os Audi da década de 80”, comenta o designer. As versão mais apimentadas da Chevrolet e Ford não foram esquecidas pelo designer que também desenhou o Escort XR3 e o Kadett Gsi do século XXI.

kadettieescort_futuro1

“Usei as linhas do novo Focus vendido no Brasil para fazer o Escort”, explica. Segundo ele, o conceito do modelo lançado em 1984 foi mantido. Não foram esquecidos, inclusive, os faróis de milha redondos colocados na grade dianteira. Ao olhar para o Kadett, é impossível não lembrar do modelo da década de 90, embora Eduardo acredite que dá para melhorar: “Vou deixá-lo ainda mais parecido com a versão original”. A base foi o Captiva, como indica a lanterna traseira.

Fonte:  Auto News

 

Participe da pesquisa e concorra à 04 camisetas oficiais do Contagiros.

Veja os Depoimentos desse Artigo.

Deixe um Comentário

*