Criação da divisão GM América do Sul trará benefícios ao Brasil


24 de junho de 2010|Sem Comentários

A GM anunciou esta semana, mudanças na direção das operações na América do Sul. Motivada pela forte expansão na região, a companhia cria a GM América do Sul. A operação local terá sede em São Paulo e será presidida por Jaime Ardila, atual responsável da empresa para o Mercosul.

A ação é parte da estratégia da montadora para os mercados em crescimento, que envolve ainda Ásia, Austrália e Nova Zelândia, Rússia, Oriente Médio e África.

O executivo colombiano vai se reportar diretamente a Ed Whitacre, CEO da montadora. A GM Mercosul inicia as atividades com 29 mil funcionários e inclui operações industriais e comerciais no Brasil, Argentina, Colômbia, Equador e Venezuela, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai.

Para conduzir os negócios da GM no Brasil, a montadora anuncia uma nova presidente: Denise C. Johnson, atual vice-presidente de relações trabalhistas da empresa. A executiva assume o cargo em 1º de julho.

A GM América do Sul tem mais de 20% de participação no mercado da região e integrará a estratégia da montadora de desenvolver veículos globais nos centros de design e engenharia locais.

Essa e outras matérias você pode seguir pelo twitter

 

Participe da pesquisa e concorra à 04 camisetas oficiais do Contagiros.

Veja os Depoimentos desse Artigo.

Deixe um Comentário

*