Carros importados somem de concessionárias após o aumento do IPI


06 de outubro de 2011|Sem Comentários

Esta cena será cada vez mais difícil após o aumento do IPI

Quem foi as concessionárias esperando por pechinchas e oportunidades se deu mal nestas duas últimas semanas. A jornalista Milene Rios, do Estadão, registrou nesta última terça-feira, 4, que chegou ao fim o estoque de carros importados em algumas revendas, em razão de uma corrida às compras antes do aumento do IPI. Desde o anúncio da medida que elevou o imposto para carros estrangeiros em 30 pontos porcentuais a maioria das importadoras presentes no País deixou de faturar novos veículos.

A consulta a quinze revendas indicou que Effa, Hyundai, JAC e Kia são as mais afetadas pela falta de produtos. Na Autostar, da zona sul, não há mais Picanto, Cerato e Sportage, restando apenas alguns Soul, e um vendedor disse não saber quando os carros voltarão a ser entregues e a que preço.

O renovado Picanto é um dos veículos mais procurados da Kia e registrou avanço de 33% nas vendas em setembro. Segundo o importador, há 4,2 mil unidades em estoque, que serão comercializados pela tabela antiga.

A jornalista informa que Chery, Effa e JAC ainda têm estoques, mas faltam produtos em revendas BMW e Hyundai. O Veloster, lançado com suporte de expressiva campanha de propaganda, está praticamente esgotado. Foram trazidas 1.600 unidades na primeira etapa. Das importadoras consultadas, apenas a Hyundai pratica tabela com aumento do IPI. A Porsche divulgou na terça-feira, 4, aumento médio de 19% para seus veículos.

 

Participe da pesquisa e concorra à 04 camisetas oficiais do Contagiros.

Outros Artigos que você deveria ver!